Quando você está pesquisando no Google, ele procura fornecer os resultados mais úteis para sua consulta. Hoje, o Google anuncio que cerca de uma em cada cinco pesquisas no Google está relacionada à localização, de modo que fornecer resultados de pesquisa relevantes localmente é uma parte essencial para servir a informação mais precisa.

Ou seja, para fornecer essa experiência, sua localização determina o serviço do país que você recebe resultados para o Google Search e o Google Maps. Historicamente, esses serviços foram rotulados e acessados ​​através de nomes de domínio de nível superior de código de país (ccTLD), como [google.ng para Nigéria] ou [google.com.br para o Brasil]. Você também pode digitar o ccTLD em seu navegador.

A atualização mudou a maneira como é rotulado os serviços do país na web nos dispositivos móveis, no aplicativo do Google para iOS e a Pesquisa e Mapas da área de trabalho.

Agora, a escolha do serviço do país não será mais indicada pelo domínio. Em vez disso, por padrão, você receberá o serviço do país que corresponde à sua localização. Então, se você mora na Austrália, você receberá automaticamente o serviço para a Austrália, mas quando você viaja para a Nova Zelândia, seus resultados mudarão automaticamente para o serviço da Nova Zelândia. Ao retornar à Austrália, você retornará perfeitamente ao serviço do país australiano.

Google SEO - Resultados da busca por locais e mais relevantes - Gustavo Kennedy Renkel

Se, por algum motivo, você não ver o país certo quando estiver navegando, você ainda pode entrar em configurações e selecionar o serviço de país correto que deseja receber. Digitar o ccTLD relevante no seu navegador não o levará mais aos vários serviços do país – essa preferência deve ser gerenciada diretamente nas configurações.

Além disso, na parte inferior da página de resultados da pesquisa, você pode ver claramente qual serviço do país você está usando no momento.

  Google SEO - Resultados da busca por locais e mais relevantes - Gustavo Kennedy Renkel

É importante notar que, embora essa atualização altere a forma como os serviços do Google Search e Maps estão rotulados, isso não afetará a forma como esses produtos funcionam, nem mudará a maneira como lidamos com obrigações nos termos da legislação nacional.

Esta atualização ajudará a garantir que os usuários obtenham os resultados mais relevantes com base em sua localização e seja consistente com a forma como o Google gerencia os serviços em várias outras plataformas, incluindo YouTube, Blogger, Google Earth e Gmail, entre outras.

Resumindo, essa alteração afetará todos os serviços, mas com o objetivo de melhorar a experiência de pesquisa, fornecendo informações mais precisas com base na localização do usuário.

Deixe nos comentários a sua opinião.