Alteração no Leilão do AdSense - leilão de primeira linha - Gustavo Kennedy Renkel

O Google anunciou que até o final do ano, o Google mudará o Google do segundo preço para o leilão de primeiro preço. O Google disse que espera que isso tenha um impacto neutro nos ganhos dos editores do Google AdSense em geral. Como editor, não há nada que você precise fazer – isso acontece por conta própria.

O Google disse que essa mudança “tornará mais fácil para os compradores comprar seu espaço de anúncios vendido no Google AdSense”.

Por que a mudança? O Google disse que “nos primeiros dias de publicidade de exibição online, o espaço publicitário foi vendido aos anunciantes em um leilão de segunda preço, onde o preço final pago pelo vencedor foi determinado pelo valor do segundo maior lance. Com o tempo, muitas plataformas de venda de anúncios no ecossistema de publicidade de exibição, incluindo o Google Ad Manager e o Google AdMob, mudaram seu leilão para o primeiro preço. Em um leilão de primeira linha, o preço final reflete o lance vencedor. Nos próximos meses, o AdSense passará para um leilão de primeira linha. Isso ajudará os anunciantes, simplificando a forma como compram anúncios online e facilitando a compra de seu espaço de anúncios vendido no Google AdSense.”

Isso beneficia os editores ao “simplificar o modelo de leilão em AdSense, Ad Manager e AdMob”, disse o Google. O Google espera que isso ajude os anunciantes a confiar mais nas plataformas e aumentar a confiança dos anunciantes.

Isso impacta o Google AdSense para Conteúdo, o Google AdSense para Vídeo e o AdSense para Jogos, mas não impacta o AdSense para Pesquisa ou o Google AdSense para Compras.

Como isso afetará seus ganhos? Provavelmente não será dito google, que escreveu “em média, esperamos que o impacto para os ganhos dos editores do Google AdSense em geral da mudança para um leilão de primeiro preço seja neutro. Quando o Ad Manager se mudou para um leilão de primeira linha, houve um impacto neutro para ligeiramente positivo para os ganhos da editora em média.”